A importância do Contador

Gostou? compartilhe!

Conheça nosso Post

A importância do Contador

Infelizmente, é muito comum ouvirmos que o contador só serve para calcular impostos para os empresários pagarem.

 

Trata-se de uma visão presente em quase todo o país, talvez por falta de uma cultura e educação financeira que não é típica do nosso povo, mas que é frequentemente encontrada na população dos países desenvolvidos.

 

Uma das consequências disso é o empresário buscar por profissionais que cobrem menos pelos seus serviços e “driblem” os impostos. Em outras palavras, esse tipo de empresário busca por preço e, não necessariamente, por qualidade.

 

Isto quando não ocorre do empresário acreditar que pode prescindir do contador, dispensando complemente os seus serviços.

 

Por certo, uma visão completamente equivocada e que precisa ser desmistificada.

 

Se analisarmos que o contador, para ser um profissional habilitado, precisou estudar durante 5 anos num curso de graduação (Ciências Contábeis) e também precisou passar num exame de suficiência; só por essa análise superficial é possível concluir que a sua profissão é muito mais exigente do que se pensa.

 

Aprofundando nessa análise, verificamos a importância da presença do contador desde antes da abertura de uma empresa. Pois é nessa fase que o profissional contábil poderá orientar o futuro empresário de todas as implicações do seu negócio, como por exemplo, a importância da escolha certa do local onde instalar a empresa, para não ter problemas futuros com fiscalizações; a importância de verificar o enquadramento jurídico e tributário da empresa, buscando soluções no sentido de diminuir a carga tributária; a importância de constatar se a atividade da empresa requer licenças ou cadastros em outros órgãos específicos, etc.

 

O que acaba sendo esquecido é que uma empresa é uma Pessoa Jurídica, ou seja, uma pessoa, um verdadeiro organismo vivo.

 

O processo de legalização de uma empresa costuma ser burocrático no Brasil, sendo que a contratação de um profissional contábil de qualidade e confiança vai se constituir num investimento seguro, principalmente se consideramos que erros nessa fase significam dispêndio de tempo e dinheiro.

 

Ainda, é de conhecimento notório que as alterações legislativas na área fiscal e tributária são constantes. Podemos dizer, quase que literalmente, que “dormimos com uma lei e acordamos com outra”. E esse é um grande desafio para o mundo empresarial, que pode contar com um bom profissional contábil para enfrentar mais esse obstáculo.

 

E no dia a dia, o contador é imprescindível, pois através das informações fornecidas por ele a respeito da situação contábil e financeira da empresa é que esta poderá tomar decisões econômicas importantes.

 

Nesse contexto, o contador acaba se tornando responsável pela formação, educação e disciplina de um bom empresário. Uma responsabilidade que exige muito trabalho e cuidados diários no trato com a empresa.

 

E falando em responsabilidade, o que costuma ser esquecido é que o contador possui responsabilidade civil e penal frente à escrituração fiscal e contábil da empresa.

 

Em suma, um bom contador não é um mero prestador de serviços de escrituração e cálculo de impostos. Sua importância e responsabilidade é muito maior, exercendo uma função fundamental nas decisões gerenciais de uma empresa.



Gostou? compartilhe!